Arquivo

Archive for junho \09\UTC 2015

SOBRE CADEADOS E AMOR

cadeados amor

Uma notícia bastante comentada foi a retirada dos cadeados da Pont des Arts, em Paris. Para muitos, foi o triste fim de um dos símbolos mais emblemáticos do romantismo entre casais do mundo inteiro.

Mas, para outros, não passa de um monte de cadeados pendurados em uma grade.

Quando o assunto é paixão, acho válida qualquer demonstração de carinho e afeto. Seja da forma que fizeram na ponte, ou com uma foto polaroid, ou cravando as iniciais dentro de um coraçãozinho no tronco de uma árvore. Tudo bem, eu sei que é cafona. Mas, é um gesto bonitinho… (escrevi isso lembrando do comentário de Renato Russo antes de cantar Hoje a Noite Não Tem Luar, no CD acústico).

Enfim, não quero entrar no debate sobre o que é brega ou não no amor. Até mesmo, porque não vejo sentindo debater algo tão superficial, em se tratando de um sentimento tão amplo e complexo como esse.

O problema, em minha opinião, é o objeto utilizado pelos franceses: o cadeado. Continue lendo