Início > Crônicas, Lado B > O CARA QUE GRITA: TOCA RAUL!

O CARA QUE GRITA: TOCA RAUL!

TOCA-RAUL

Eu sou o cara que grita “toca Raul” durante qualquer show.

Antes de me julgar e até condenar, tente entender os meus motivos. Quando peço para tocarem Raul, não é porque estou bêbado ou porque não estou gostando das músicas do ambiente. Pelo contrário.

O “toca Raul” virou uma espécie de interjeição. É tipo um “viva!”, um “bravo!” ou um “hip hip uha!” para os raulseixistas.

O Raul morreu em 21 de agosto de 1989 e eu nasci em 1986, apenas três anos antes. Mesmo assim, me tornei fã dele ainda na infância.

Com sete anos de idade, eu respondia nas atividades escolares que minha música preferida era o Trem das sete. E tem mais, segundo informações de minha mãe e, por isso, são incontestáveis, durante a gestação eu já curtia o velho e bom rock´n roll temperado com baião, enquanto ela limpava a casa ao som da vitrola tocando o disco Metrô linha 743 no último volume.

Portanto, não teria como ser diferente. Hoje eu sou o cara que ainda pede “toca Raul” mesmo após mais de duas décadas após sua morte.

Em tempos de músicas vazias, puramente comerciais e que já são gravadas com o prazo de validade definido, o “toca Raul” pode ser interpretado também como um protesto ou um apelo por músicas mais elaboradas.

E por diversos motivos, gritar “toca Raul” virou uma obrigação. Por irreverência, por um desejo de música de qualidade, por reconhecer o talento do rock nacional ou que seja para encher o saco de quem está ao lado, ouvindo música sertaneja.

O “toca Raul” se tornou a mosca na sopa do atual cenário da música comercial brasileira.

E depois de tudo isso, você vai me chamar de chato?

E daí? Sou chato mesmo.

Acha que eu sou cafona?

Quem liga?! Na verdade, as pessoas que acham bonito um carro amarelo (mesmo que seja um Camaro) não tem respaldo para decidir o que é ou não cafona.

Me considera um saudosista que vive preso ao passado e não aceita o presente?

Foda-se. Enquanto o presente não respeitar o passado, ele não terá qualidade suficiente par ser respeitado.

Então, enquanto Catras, Anittas, bondes e sertanejos universitários continuarem sendo a referência para o que o Brasil produz de melhor, permanecerei vivendo na saudade daquele rockzinho antigo que não tem perigo de assustar ninguém.

A não ser os tolos, é claro.

Anúncios
  1. Mara
    21/08/2013 às 13:38

    Disse tudo. Excelente texto.

    Toca Rauuuuulllll !!!!!

  2. Josi Alves.
    22/08/2013 às 12:51

    Aaahaahahahaah
    TOCA RAUL!!!!

    Que massa Rudolph! Mais um texto excelente! Você tá ficando bom hein, acho que eu consegui te ensinar direitinho! kkkkkkk
    Brincadeiras a parte, ótimo texto! Eu como cantora sempre ficava meio “assim” quando alguém gritava do fundo da platéia “-Toca Raul!!!”. Achava que era um bando de chatos, não por não gostar de Raul Seixas (porque eu gosto!), mas eu não entendia o significado completo da expressão. Agora, quando alguém gritar isso, eu vou responder em troca: “-Yeah yeaaah!!!”

  3. Karin K.
    23/08/2013 às 12:28

    Qualidade e saudosismo não pertencem ao presente, então só nos resta ficar na saudade, Rodolfo!

  4. 05/10/2013 às 13:20

    UM TEXTO DE PURA QUALIDADE ; NUM MOMENTO A MÚSICA PASSA POR UMA CRISE COMERCIAL GRAVADORAS QUE GRAVAM ARTISTAS QUE NEM DEVERIAM PASSAR NA PORTA DAS GRAVADORAS . INFELIZMENTE A MÍDIA ANDA PROMOVENDO GENTE QUE NÃO CANTA NADA . SAUDADES DO GRANDE RAUL SEIXAS

  5. Daiana
    13/01/2014 às 13:31

    Genial, sou fã do Raul desde a infância tb e com 10 anos passava horas dando pausa na fita pra copiar as músicas pra entender e cantar com o Raulzito
    . =] TOCA RAUL o/

    • 13/01/2014 às 14:01

      Olá Daiana, eu também ouvia pausando as músicas para transcrever as letras para um caderno… Afinal, em tempos de fitas k7 e discos de vinil, encarte com as letras era coisa rara!

  6. elvisquaresmaquaresma
    13/01/2014 às 19:18

    amo raul
    adorei essa historia

  7. Henrique
    06/09/2015 às 22:23

    Eh nois mano TOCA RAUL !!!!!

  8. richard
    12/11/2015 às 22:51

    Muito bom mesmo, Raul Seixas morreu no ano em que eu nasci. E por influência dos meus tios virei um fã dele, hoje em dia está faltando músicos de qualidade. Por isso eu grito Toca Raul..hahahah

  9. Erasmo Santos
    23/12/2015 às 18:11

    Faças tudo que quiseres pois é tudo da lei…

  10. PETER V DA FONSECA
    19/05/2016 às 19:33

    Olá Rodolfo, nota 10 a definição do “toca Raul” como a mosca na sopa…..a obra do Raul é de arrebentar ….conversa com todas as situações da sociedade ou momentos do indivíduo……é uma bíblia da filosofia mas de maneira descomplicada e adaptada para a nossa realidade…..são 35 anos (tenho 49) escutando todos os dias…..abs,

  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s