Início > Crônicas > O MEU EGOÍSMO É TÃO EGOÍSTA

O MEU EGOÍSMO É TÃO EGOÍSTA

el-pensador

“Quando a gente distorce a realidade a nosso favor, fica mais fácil viver.”

Ouvi essa frase em uma conversa e desde então não parei de pensar em seu significado. Eu diria até que essa frase representa uma das verdades mais cruéis do ser humano: somos egoístas.

Pensar assim não é ruim. O acontecimento do mal ou do bem depende apenas das suas atitudes, mas ambos nascem de ações egoístas.

Quando ajudo alguém é porque no fundo, no fundo me sinto bem fazendo isso. Quando vou à igreja é porque estou em busca da minha salvação. Conscientizo as pessoas ao meu redor, pois quero um mundo melhor para os meus filhos. A música boa é justamente a que eu gosto. O texto que escrevo é para expor as minhas ideias. O texto que critico é porque vai contra o que eu acredito.

Pedindo licença para usar um termo grotesco, faço uma viagem PinkFloydiana para concluir que não há uma verdade universal. Cada ser humano é o seu próprio universo em expansão, com suas verdades, crenças, costumes e desejos.

Bom, mas se todos são egoístas, ou, para fugir das generalizações, a grande maioria das pessoas, não há esperança em um mundo bom e cheio de harmonia?

Claro que sim. Mas, a pergunta que fica é: como é possível? 

Bom decretar uma receita que teria resultado positivo é algo que vai além das minhas possibilidades. Não tenho conhecimento suficiente para pensar em algo tão sofisticado assim, entretanto, acredito que respeitando o egoísmo do outro seria o caminho mais adequado. Ou seja, quando pararem de tentar impor as “ideias corretas” aos que estão na “escuridão”, teremos menos guerras.

Como disse, não tenho formação alguma para fazer essa afirmação. Então em que me baseio? Simples. Quando imagino minha casa como sendo o planeta Terra e cada indivíduo da minha família um país, basta trocar o canal da televisão para entender como se chega a uma Guerra Mundial.

As brigas com minhas irmãs eram intensas. Até que um dia eu percebi que elas jamais deixariam de assistir às novelas da Globo e, por isso, parei de tentar trocar o canal e passei a assistir às minhas séries e filmes pelo computador.

Continuo achando a Globo uma emissora de televisão ruim, mas, o relacionamento com as minhas irmãs ficou melhor quando entendi que, independentemente do que eu penso, cada uma delas irá continuar com seus gostos e hábitos. É isso que importa!

Algumas pessoas vão contra-argumentar o conteúdo deste texto, dizendo que é anárquico e, já que é assim, o indivíduo pode sair matando os outros por aí e ninguém poderá fazer nada.

Essas pessoas tem todo o direito de pensar assim. E é disso que o texto se trata. Não é um texto ligado a nenhuma crença ou sistema político. Longe disso. As leis devem existir para garantir os direitos de cada um.

Esse é um texto que defende a liberdade de pensamento. A liberdade de ser brega, do contra, a favor, ateu, religioso, gordo, magro, chato, preguiçoso, criativo, sensível, bruto, rabugento, atleta ou sedentário.

O que é certo ou errado? Sei lá.

Agora, eu sei o que tenho vontade de fazer. E se a minha atitude vai contra os seus princípios, simplesmente não repita os meus atos ao invés de tentar mudá-los.

Anúncios
  1. Karin Kliem
    20/04/2013 às 14:02

    Viver e deixar viver, respeitando a liberdade de pensamento e a integridade física e moral do outro, aceitando sua vontade e atitudes, sem infringir normas e leis, estas necessárias para garantir a segurança e proteger o indivíduo. Acredito que a tolerância seja a chave para um convívio social agradável. E tolerância está muito em falta. Até a próxima, Rodolfo!

  2. 11/11/2013 às 8:40

    Vc Desenha Mal Cara

    • 11/11/2013 às 9:13

      Eu sei, cara. Talvez seja por isso que fiz um blog de crônicas e contos. ;-)

  3. 11/11/2013 às 8:46

    Meu Deus Aprende a Desenha Cara

    • 11/11/2013 às 9:11

      O seu deus deve gostar de desenhos… Só não entende muito de verbos e vírgulas. ¬¬

  4. 11/11/2013 às 8:50

    Afeeeeeeeeeeee Que Desenho .-.

    • 11/11/2013 às 9:09

      Agradeço a visita de todos, mas, o blog História da Estória é sobre textos e não sobre desenhos. Infelizmente, não sei informar quem é o autor do desenho. Eu gostei da imagem.

  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s