Início > Contos > SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

call center

– Telebanco Castro Alves, boa noite. Me chamo Regina, com quem falo?

– Oi Regina, aqui quem fala é o Rogério.

– Em que posso ajudá-lo, senhor Rogério?

– Bem, Regina eu quero alterar o número de celular que está cadastrado aí para receber o TOKEN do banknet.

– O senhor, por gentileza, poderia me confirmar seu nome completo?

– Claro, meu nome é Rogério Gomes da Costa.

Rogério ouviu apenas sons de um teclado de computador sendo digitado no outro lado da linha. Segundos depois:

– O senhor cadastrou seu e-mail?

– Olha Regina, sinceramente não me lembro. Faz muito tempo que tenho essa conta no banco… Mas, o que tem a ver o e-mail com o número do celular?

– É que não vejo seu e-mail registrado aqui no cadastro, senhor Rogério.

– Então provavelmente eu não cadastrei nenhum e-mail, Regina.

– O senhor poderia verificar isso, por gentileza?

– E como eu faço isso?!

– Clique no menu “serviços” depois clique na aba…

Rogério interrompeu a explicação da atendente:

– Espera aí Regina, eu não estou em frente ao computador no momento. Não achei que para alterar o número do celular pelo telebanco fosse necessário me conectar ao PC…

– O senhor pode verificar isso para mim?

Percebendo que não teria uma forma mais simples para resolver seu caso, Rogério foi até a sala para ligar o computador. 

Após alguns segundos de silêncio:

– Senhor Rogério? O senhor está na linha?

– Estou sim Regina. O computador ainda está iniciando o Sistema Operacional, espere mais um instante por favor.

Mais silêncio.

– Pronto Regina, já entrei no site do banco.

– Então o senhor vai clicar em “serviços” depois clica na aba “meus dados”.

– Cliquei, e aí?

– Tem algum e-mail cadastrado?

– Não Regina, o campo destinado ao e-mail está em branco. Como eu falei antes, não tenho e-mail cadastrado…

– É que para cadastrar o TOKEN o senhor precisa ir em sua agência.

– Eu sei disso Regina, mas eu não quero me “cadastrar”. Quero apenas alterar o número cadastrado e, aqui no banknet, diz: “para alterar o número que irá receber o seu TOKEN ligue 3345-4545 ou procure sua agência bancária”. Esse telefone que você atende é o 3345-4545?

– É esse sim senhor. O senhor ainda tem acesso ao outro número de telefone? É que para excluí-lo do cadastro eu vou enviar uma mensagem para ele com um código de confirmação.

– Regina, Rogério respirou fundo e prosseguiu, eu não tenho mais acesso ao outro número. Eu troquei de celular, perdi o outro. É justamente por isso que quero alterar o meu cadastro.

– É que estou verificando aqui no meu sistema e ele está dizendo que o senhor não está ligando de um número cadastrado.

O silêncio que se fez agora era resultado da impaciência de Rogério, que pensava calmamente nas palavras que iria dizer. Rogério, apesar de tudo, manteve-se educado:

– Sério mesmo Regina que você precisou verificar em seu sistema que eu estou falando de outro número de telefone? O fato de eu ligar querendo alterar meu cadastro porque perdi meu outro celular já não era o suficiente para perceber isso?!

– Senhor Rogério, então o senhor terá que ir até a sua agência. Pois, para alterar o cadastro do seu celular preciso que esteja com o número antigo.

– Mas, me explique, se eu ainda tivesse acesso ao meu número antigo, por que mudaria o meu cadastro para um número novo?

– Posso ajudá-lo em mais alguma coisa, senhor?

– “Mais alguma coisa”? Mas, você não me ajudou em nada ainda, Regina.

– Senhor, é que nesse caso o senhor só vai conseguir resolver indo até a agência.

– E por que no site sugere que o cliente ligue no telebanco se precisar alterar o número cadastrado?

– Senhor, aqui nós solucionamos apenas alguns casos específicos. Os outros são resolvidos diretamente na agência. Algo mais?

A atendente não disfarçava o seu desejo de encerrar a ligação.

– Não, né Regina? Você não pode me ajudar em nada mesmo…

– O Banco Castro Alves agradece sua ligação e, por favor, aguarde na linha para avaliar o meu atendimento.

Rogério desligou o telefone e não avaliou o atendimento de Regina. Sentou-se no sofá e ficou pensando por alguns instantes tentando lembrar qual era o endereço de sua agência bancária.

Lembrou apenas do tamanho da fila que enfrentou da última vez que esteve lá.

Anúncios
Categorias:Contos Tags:,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s