Início > Contos > AQUELE QUE FALA SOBRE UM CONTO NEM TÃO CHATO ASSIM

AQUELE QUE FALA SOBRE UM CONTO NEM TÃO CHATO ASSIM

Esse texto tem um significado especial por me lembrar uma pessoa que modificou a minha vida. (óouunn!)

Sempre fui muito cético, principalmente no que se refere ao comportamento humano. Nunca acreditei na tal bondade gratuita.

Quando conheci essa pessoa, depois de horas conversando, ela ficou chocada quando falei sobre esse assunto. Levei mais uma hora tentando convencê-la de que não se tratava de pessimismo, mas de realismo. Não consegui, pois, ela tinha razão no debate. Eu estava sendo muito intransigente.

De certa forma, manter um mínimo de esperança na humanidade é fundamental para um bom convívio social.

Enfim, deixando o papo filosófico de lado, acabei me convencendo que existem pessoas boas (mesmo não tendo certeza da gratuidade dos atos). Pessoas que te motivam de uma forma inconsciente.

Então, cheguei em casa nesse dia disposto a escrever sobre esse sentimento. Um texto sobre otimismo sem ser careta ou piegas.

Acho que consegui!

Anúncios
Categorias:Contos
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s