Início > Lado B > A MAGIA QUASE ESQUECIDA

A MAGIA QUASE ESQUECIDA

No acalento de teus braços

O passar do tempo congela

Na estação primavera.

 

Teu sorriso, ah, teu sorriso…

Reflete em meus olhos

A magia quase esquecida.

 

E os versos adormecidos

A respiração soletra suavemente

Os escritos da paixão renascida.

 

O palpitar dos corações

Uma doce melodia faz ecoar

Pela janela do quarto.

 

Quase noite

E a lua já vem mostrando seu brilho.

E nós ali, ainda abraçados,

Sentindo o amor sem pressa, sem desespero.

Somente ali no afago de teus braços

O tempo para.

 

Teu sorriso, ah, teu sorriso…

Reflete em meus olhos

A magia quase esquecida.

 

Não existe mais ninguém,

Somente nós.

***

Poema escrito por Cecília Guerra.

Quer ver seu texto aqui também? Mande sua contribuição para o e-mail historiadaestoria@gmail.com

Anúncios
Categorias:Lado B Tags:
  1. Cecília Guerra
    15/10/2012 às 21:08

    Meu poema!! O mais recente escrito de minha autoria, espero que agrade seus leitores amigo. E muito Obrigada por postar ele aqui no seu blog. =D

  2. Karin Kliem
    07/11/2012 às 15:44

    Olá Cecília,

    adorei este seu poema. Romantismo puro!

  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s