Arquivo

Archive for setembro \12\UTC 2012

E AÍ, JÁ LEU ALGUM LIVRO NESSA SEMANA?

“A única coisa que eu lamento é que nunca vou ter tempo para ler todos os livros que quero ler.”

Françoise Sagan

Anúncios
Categorias:Lado B

AQUELE QUE FALA SOBRE O HOMEM QUE LUTOU NA GUERRA

Esse é um conto que brinca com a embriaguez. O que leva uma pessoa a se embebedar?

Doença ou fraqueza mental? Fuga da realidade?

E por que ficamos indiferentes ao problema do próximo? Será que somos tão diferentes assim do bêbado jogado na sarjeta?

Quando criança sempre acompanhei meu pai quando ela ia no bar. Naquela época os bares eram diferentes, lembravam muito aquele ambiente representado pelo Bar do Moe que o Homer Simpson frequenta. Um lugar onde os mesmos caras de sempre se reúnem para beber e contar histórias. Não ouviam música e não jogavam, estavam ali apenas para conversarem.

Sempre me diverti com as histórias que aqueles homens embriagados me contavam. Era o momento que o adulto voltava  a ser criança e, por isso, não tinha medo nenhum de fantasiar suas aventuras.

Busquei transferir nesse conto um pouco do mundo mágico de um bêbado, não deixando de lado aspectos que podem levar o leitor a reflexão.

Leia, faça suas considerações e chegue às suas conclusões.

Categorias:Contos Tags:,

O HOMEM QUE LUTOU NA GUERRA

Estacionei o carro em frente a minha casa e percebi que ele já estava lá encostado no portão. Sai do carro e o cumprimentei como de costume:

“Fala Zé, beleza?”

“Opa!” – Respondeu batendo continência como um soldado prestativo.

Estava bêbado novamente.

“Bebeu de novo, né?”

“Só um pouquinho.”

“Rapaz, já falei que isso vai acabar te matando.”

“Olha… é que… eu… Você sabe, né?”

Suas palavras saiam embaralhadas.

“Sei o que?”

“Aqui todo mundo é amigo.”

“Disso eu sei, Zé.”

“Eu fiz isso aqui tudo!” – falou apontando para a rua.

“Fez o que, Zé? A rua?” Leia mais

Categorias:Contos Tags:,