Início > Contos > AQUELE QUE ILUSTRA O AMOR MATERNO

AQUELE QUE ILUSTRA O AMOR MATERNO

Nesses dias que precedem o Dia das Mães sempre fico pensando nas reportagens que são feitas sobre o tema. Cada uma mais emocionante do que a outra, homenageando a Mãe Coragem, a Mãe Sofredora, a Mãe Herói, a Mãe Batalhadora e por aí vai. Todo ano é sempre a mesma coisa e provavelmente nesse ano não será diferente.

O fato é que essas reportagens representam uma minúscula parcela da população de mães do país. Pelo menos em meu círculo de amizade não conheço ninguém que teve quadrigêmeos, ou tirou o filho dos trilhos do trem, ou trabalha em seis empregos para sustentar seus filhos. Acredito que a maioria das mães do país são como as que eu conheço: mães que não precisam de complemento nenhum no nome. São suficientemente mães.

“Se seu pai pudesse escolher, você acha que o filho seria você?” Ouvindo esse verso na música Se o Tempo Voltasse da banda Detrito Federal, fiquei pensando se a letra não faria mais sentido se fosse com “mãe” ou “pais”. Pois, em minha experiência como filho e também como professor que conversava com centenas de pais durante o ano letivo, a figura da mãe sempre se destacou quando se trata de aceitar as “mancadas” dos filhos.

Merecedores ou não, sempre podemos contar com o afeto de nossas mães. E para tentar ilustrar o que estou dizendo, resolvi escrever um pequeno conto que mostra o diálogo entre mãe e filho em um supermercado. Com uma escrita bem simples busquei homenagear as tantas mães, que cuidam, amam, educam e investem em seus filhos comuns, que, na maioria das vezes, não são os mais bonitos nem os mais inteligentes da turma, simplesmente são seus filhos. E apenas isso serve para justificar tamanha dedicação.

Acredite, o texto não foi baseado em você. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Acontece que a maioria desses seres conhecidos por “mãe” já passou por situações parecidas com esta.

Ah, ficou curioso pra ler o texto? Então fica acompanhando o blog para não perder a próxima postagem. Tá vendo ali do lado direito aquele botãozinho escrito “siga-me os bons“? Então, clica lá e seja feliz! Se preferir, pode seguir no twitter também.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Gostou? Então comenta aí.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s